“Bolsonaro e Guedes querem tirar seu emprego” diz Neto sobre novas MPs

“Bolsonaro e Guedes querem tirar seu emprego” diz Neto sobre novas MPs- Segundo informação veiculada pelo jornal Folha de São Paulo, o Governo Bolsonaro prepara uma Medida Provisória que visa reduzir o recolhimento do FGTS para 2% e a multa em caso de demissão sem justa causa para 20% do fundo de garantia.Segundo o líder sindical e pré-candidato a deputado federal, Antonio Neto “a proposta em si já é um ataque aos trabalhadores” mesmo que não seja levada adiante.

Antonio Neto participa de ato do Rebele SP na Av. Paulista

“Pouca gente sabe, mas o Brasil é um dos poucos países do mundo a estabelecer a chamada demissão sem justa causa. O FGTS foi criado como uma alternativa à estabilidade prevista para os trabalhadores do setor privado após 10 anos, mas hoje a alternativa virou regra no mercado de trabalho para amparar os trabalhadores em caso de demissão sem justa causa.” afirmou Antonio Neto sobre as MPs que Bolsonaro pretende emplacar.

Segundo Neto, o principal problema escondido nessas MPs é que como essas novas regras jamais poderão ser estabelecidas nos contratos de trabalho já existentes o governo acabaria criando uma “tentação” imperdível para empresários “demitam seus trabalhadores e contrate novos empregados com 1/4 do FGTS e com metade da multa em caso de demissão”.

“O resultado vai ser uma explosão de demissões e as contratações nunca vão acompanhar o ritmo em um país estagnado e sem nenhuma estabilidade política. Bolsonaro quer tirar o seu emprego e seus direitos para agradar uma elite escravocrata que financia o seu projeto fascista.” completou Antonio Neto

 

RECEBA NOVIDADES

Acompanhe tudo o que está acontecendo nas redes do Antonio Neto e receba, em primeira mão, informações atualizadas. Cadastre-se!

      SIGA-ME

      154k 
      30.3k 
      21.6k 
      11.1k 
      11.3k 
      X