Ao lado de Ciro, Antonio Neto é oficializado para vaga de deputado federal pelo PDT

O PDT do estado de  São Paulo realizou nesta quinta-feira (4) a sua convenção estadual que oficializou a candidatura ao  Congresso Nacional como deputado federal de Antonio Neto.

“O PDT tem projeto para o Brasil e para São Paulo. Nossa candidatura representa uma alternativa à completa ausência de Projeto que o país vem vivendo, vamos colocar o Projeto Paulista de Desenvolvimento de pé e ajudar Ciro Gomes a fazer as mudanças que São Paulo, o Brasil e os trabalhadores paulistas precisam.” afirmou Antonio Neto  em entrevista após a convenção.

Globonews: Ciro e Neto propõem novo código trabalhista

Antonio Neto é filho de ferroviários ligados à luta dos trabalhadores e desde cedo participou dos movimentos pela redemocratização do Brasil. Administrador e analista de sistemas, atuou por décadas no sindicalismo sendo responsável por conquistas como o PLR e a Lei de valorização do salário mínimo, além de ter concorrido ao senado em 2018 ao lado de Ciro Gomes e conquistado mais de 350 mil votos. Em 2020 o político foi vice na chapa de Márcio França que terminou as eleições à prefeitura de São Paulo em terceiro lugar.

Advogado e ex-prefeito de Santana de Parnaíba, Elvis Cezar, foi confirmado como candidato ao governo paulista. Elvis irá compor sua chapa com a presidenta da Ação da Mulher Trabalhista, Gleides Sodré, como vice.

“Agora o trabalho é maior, o desafio é maior, mas temos lutado o bom combate para poder mudar São Paulo, ao lado de meu pai consegui sonhar alto e colocar Santana de Parnaíba com alguns dos melhores índices de desenvolvimento do estado, agora esse sonho é tornar realidade a melhor educação do país, combater e eliminar a fome nesse estado e que mais nenhuma mãe, negra e periférica fique sem vaga em creches para seus filhos” afirmou o candidato a governador em seu discurso. 

No mesmo evento foi anunciada por Carlos Lupi a candidatura ao Senado do ex-ministro da Defesa e hoje no PDT, Aldo Rebelo. Lupi lembrou da importância de Aldo Rebelo na construção de algumas das principais políticas públicas do Brasil nos últimos 30 anos, à frente de inúmeros ministérios e obras históricas como a Transposição do Rio São Francisco.

São Paulo é a terra da índia Bartira, de Tibiriçá e o berço do trabalho e da industrialização do Brasil, mas infelizmente esse estado vem perdendo essa história e tradição, se tornando a terra da desindustrialização, do fechamento de indústrias e postos de trabalho. Mas é também por aqui que começa a reconstrução do país” afirmou Aldo Rebelo

O evento aconteceu no Palácio do Trabalhador, na região central da capital paulista (Rua Galvão Bueno, 810, Liberdade), com a presença da militância e comandada pelo presidente nacional do partido, Carlos Lupi.

Carlos Lupi lembrou em sua fala que “a política no Brasil pode mudar a qualquer momento” e que mudanças de última hora podem acontecer até o limite para registro das candidaturas, lembrou que o PDT segue negociando e atento aos fatos que podem mudar o desenho da eleições nos próximos dias para definir a chapa presidencial que será encabeçada por Ciro Gomes.

Presente na Convenção, o presidenciável Ciro Gomes lembrou do tamanho do desafio que o Brasil vive  e da importância da organização partidária em São Paulo para levar um projeto nacional de desenvolvimento ao planalto em outubro.

“O Brasil passa hoje a maior crise de sua história e esse momento é muito importante. Vivemos um problema grave do ponto de vista econômico e de como se organiza o Estado brasileiro junto das elites criminosas, feito para transferir renda de quem produz e trabalha para o setor financeiro. Mas esperem um pouco, eu estou chegando e vou consertar.” afirmou Ciro.

“O Brasil passa hoje a maior crise de sua história e esse momento é muito importante. Vivemos um problema grave do ponto de vista econômico e de como se organiza o Estado brasileiro junto das elites criminosas, feito para transferir renda de quem produz e trabalha para o setor financeiro. Mas esperem um pouco, eu estou chegando e vou consertar.” afirmou Ciro em sua fala de abertura

Ao todo, o PDT paulista vai lançar 46 candidatos à Câmara Federal e 89 à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). Atualmente, em todo o território de São Paulo, o partido conta com quase 160 mil filiados.

Além da decisão sobre a escolha dos candidatos majoritários do PDT-SP, a convenção estadual aprovou  também a chapa de candidatos do partido no estado aos cargos proporcionais de deputado federal e deputado estadual.

RECEBA NOVIDADES

Acompanhe tudo o que está acontecendo nas redes do Antonio Neto e receba, em primeira mão, informações atualizadas. Cadastre-se!

      SIGA-ME

      154k 
      30.3k 
      21.6k 
      11.1k 
      11.3k 
      X