Ciro x Lula: Antonio Neto debate com Augusto Botelho em Podcast

Ciro x Lula: Antonio Neto debate com Augusto Botelho em Podcast

O candidato a deputado federal de Ciro Gomes em São Paulo, Antonio Neto, participou na tarde desta sexta-feira (23) de debate promovido pelo podcast Inteligência LTDA, apresentado por Rogério Vilela, onde debateu ao lado do também candidato à Câmara Federal e apoiador do ex-presidente Lula, Augusto de Arruda Botelho.

O debate acontece na esteira de um debate promovido pelo CA 22 de Agosto da PUC-SP no qual Augusto Botelho estava confirmado mas não pode comparecer e tomou contornos de palco para um embate entre as propostas de governo de Ciro, condensadas em seu livro O Dever da Esperança, e que se tornou oposição direta ao modelo econômico e de governança que pretende ser repetido por Lula em caso de vitória.

“O constituinte foi sábio, não existe isso de primeiro turno. Vamos disputar, deixa todo mundo votar em projeto para que você escolha o que acredita ser o melhor. Não é você fazer agora uma falsa frente ampla e juntar aquilo que não se junta, juntar de novo Geddel, Eunício e Meirelles.” afirmou Antonio Neto após tentativas repetidas do candidato do PSB em pedir uma “desistência” da candidatura de Ciro Gomes em prol de Lula.

Desenvolvimento Cirista x Neoliberalismo Lulista

A temática econômica, que mais separa o projeto desenvolvimentista de Ciro do neoliberal de Lula, dominou a primeira metade do debate e questionados por um dos ouvintes sobre qual seria a diferença “entre ter como ministro Meirelles ou Paulo Guedes” Antonio Neto salientou que é exatamente essa a problemática maior da candidatura de Lula.

CONHEÇA MINHAS PROPOSTAS

“Nós já denunciávamos o Meirelles quando ele era presidente do Banco Central e mantinha seu patrimônio todo em paraísos fiscais tal qual o Guedes, ele é o criador dessa aberração chamada Teto de Gastos que congelou o investimento em educação e saúde. São farinha do mesmo saco.” apontou o sindicalista.

Neto ainda destaca que é exatamente esse o motivo para o suposto “isolamento” de Ciro Gomes nas eleições. Para o candidato Ciro seria “o verdadeiro algoz dos banqueiros e rentistas” e o único a propor uma reforma tributária justa que corrija aberrações como as isenções de impostos para iates e jet-skis, a tributação de lucros e dividendos, o fim de um cartel bancário que toma do povo trabalhador a maior parte de sua renda com os juros mais altos do planeta.

“10 dos bancos mais lucrativos do mundo são brasileiros, com toda essa miséria que Augusto acabou de descrever, é esse o cenário que vemos. Essa é a mudança que queremos fazer, mudar o sistema econômico.

Alianças, o golpe de 2016 e toma lá da cá

Questionado por Augusto Botelho sobre um eventual papel de Antonio Neto e Ciro para julgar os crimes de Bolsonaro no Congresso a partir de 2023, se eles estariam do lado “da democracia ou do lado de lá” Antonio Neto lembrou da total ausência de Lula e do PT nos movimentos pelo impeachment e julgamento dos crimes cometidos por Bolsonaro durante a pandemia.

“É engraçado você lembrar disso só agora Augusto, o PDT  e o Ciro assinaram três pedidos de impeachment do Bolsonaro que poderiam ter impedido que esse genocídio tivesse sido comentido, fomos até a Corte de Haia para isso. E não me lembro de Lula estar lá.”

Sobre Ciro e sua campanha supostamente igualarem as figuras de Lula e Bolsonaro como a “mesma coisa” Neto destacou que não é isso que de fato acontece, mas sim uma denúncia firme e com base de que os problemas vividos pelo Brasil são oriundos de práticas políticas e econômicas replicadas por ambos.

“É óbvio que Lula e Bolsonaro são pessoas diferentes, mas a política econômica de Lula e de Bolsonaro são as mesmas o modelo de gestão política do ‘toma lá da cá’ são os mesmos. É só lembrar, durante o golpe contra a dilma quem era o presidente do Senado que orientou o voto pela derrubada da presidenta? Renan Calheiros e onde está ele agora? Quem era o presidente do MDB no senado? Eunício Oliveira. Essa é a frente ampla que vocês defendem.” completou neto.

Emprego, Renda e a reconstrução do Brasil

Perguntado pelos ouvintes sobre o seu papel na retomada do emprego e da industrialização do país, Antonio Neto apontou a urgência da implementação do Projeto Nacional de Desenvolvimento de Ciro Gomes no país.

“Lá estão apontados os caminhos, pude contribuir com algumas propostas como a construção de um novo Código Brasileiro do Trabalho para fazer frente a retirada de direitos promovida pela reforma trabalhista, ou então a capacidade que temos de retomar cerca de 14 mil obras paradas e a necessidade e urbanizar inúmeras áreas de favelas no país e que gerariam emprego imediato para 5 milhões de pessoas” diz Antonio Neto.

 

 

RECEBA NOVIDADES

Acompanhe tudo o que está acontecendo nas redes do Antonio Neto e receba, em primeira mão, informações atualizadas. Cadastre-se!

      SIGA-ME

      160k 
      32.7k 
      23.8k 
      12.2k 
      11.3k 
      1k 
      X