Ciro inicia campanha com agenda de rua em São Paulo

Ciro inicia campanha com agenda de rua em São Paulo

Ciro Gomes, candidato do PDT à Presidência da República, começa o primeiro dia da campanha eleitoral com agenda de rua em São Paulo. Nesta terça (16/8), ele visita o bairro de Guaianases, na zona leste da capital.

“A sede da crise brasileira é São Paulo, e a saída para a crise brasileira, necessariamente, passa por São Paulo. Por isso, resolvi começar a campanha pela capital paulista, falando da minha proposta de renda mínima para atender a população mais carente, que está passando fome”, diz Ciro.

Gabinete da Turma Boa reúne apoiadores de Ciro Gomes em São Paulo

“É uma honra para nós a escolha de São Paulo para o início da campanha de Ciro. Tenho certeza de que esta data entrará para a história como o dia que o povo brasileiro começou a reconstruir o nosso país longe do extremo-ódio e da extrema-incompetência”, afirma Antonio Neto, presidente do PDT paulistano e candidato a deputado federal, que acompanhará o presidenciável nas agendas em São Paulo.

Às 7h, Ciro faz caminhada por Guaianases e conversa com moradores da região sobre a sua proposta de Renda Mínima, que vai garantir o pagamento de R$1 mil, em média, para todas as famílias brasileiras abaixo da linha da pobreza – atualmente, cerca de 59 milhões de pessoas. O projeto receberá o nome de Programa de Renda Mínima Eduardo Suplicy, em homenagem ao ex-senador e vereador paulistano que luta por isso a vida inteira.

Ciro anunciou o Programa de Renda Mínima Eduardo Suplicy na semana passada, durante viagem à Salvador, após visita às Obras Sociais Irmã Dulce. Segundo a proposta, o programa englobará os pagamentos feitos pelo Auxílio Brasil, o seguro-desemprego e o BPC (Benefício de Prestação Continuada), entre outros programas de transferência de renda.

Outra fonte de recursos será a reforma tributária que Ciro pretende realizar e que, entre outras medidas, prevê a cobrança de impostos sobre grandes fortunas. A ideia é cobrar 50 centavos a cada R$ 100 dos patrimônios acima dos R$ 20 milhões, o que equivale a R$ 172 bilhões e é suficiente para custear o programa.

A implantação de um programa de renda mínima consta do Projeto Nacional de Desenvolvimento (PND) que Ciro vem defendendo há anos. Nos últimos meses, o candidato tem estudado os valores a serem pagos junto a uma equipe de economistas liderada pelo professor Nelson Marconi, mestre e doutor em economia pela Fundação Getúlio Vargas.

Serviço:

7h: Caminhada em Guaianases. Conversa com a população sobre o programa de Renda Mínima. Saída: Rua Professor Francisco Pinheiro (s/n), Vila Jaú

RECEBA NOVIDADES

Acompanhe tudo o que está acontecendo nas redes do Antonio Neto e receba, em primeira mão, informações atualizadas. Cadastre-se!

      SIGA-ME

      160k 
      32.7k 
      23.8k 
      12.2k 
      11.3k 
      1k 
      X